Itaúna, 19 de novembro de 2018

Cadastro

03 de novembro de 2018 às 07h00 - Atualizado: 10 de novembro de 2018 às 09h54

Veto do prefeito é rejeitado por unanimidade

O prefeito Neider Moreira sofreu mais uma derrota na Câmara ao tentar barrar lei de autoria dos vereadores Antônio de Miranda e Otacília Barbosa, da oposição, que trata da cobrança da taxa de lixo na zona rural. Conforme os edis aprovaram, por unanimidade, a proposta de Otacília e Tõezinho transforma a cobrança da taxa de lixo para as comunidades rurais em valores proporcionais ao serviço prestado. Assim, os imóveis da área rural pagarão menos, já que a coleta de lixo é feita uma ou duas vezes por semana, enquanto na cidade é feita seis vezes por semana.
O prefeito encaminhou processo de veto à lei, alegando dentre outras coisas, se tratar de “vício de iniciativa” e de “falta de interesse público justificado”. Na semana passada o líder do prefeito, Hudson Bernardes, pediu suspensão da análise do veto para tentar negociar outra proposta com o prefeito. Sem sucesso, Hudson faltou à reunião, apresentando atestado médico para tanto. Os demais vereadores foram unânimes em derrubar o veto. Prevaleceu a proposta de Otacília e Tõezinho, que “faz justiça aos moradores da zona rural”, arrematou a vereadora.