Itaúna, 24 de outubro de 2017

Cadastro

23 de setembro de 2017 às 07h00 - Atualizado: 30 de setembro de 2017 às 11h13

Coleta de Lixo

Vereadores representam contra prefeito e diretor do Saae

Pedido é para cancelamento do contrato com a Coopertur

Os vereadores Otacília Barbosa (PV), Alexandre Campos (PMDB) e Alex Artur (PSDB) entraram com Representação contra o diretor do SAAE, Samuel Geraldo Nunes e o prefeito, Neider Moreira, pedindo a imediata suspensão do contrato com a Coopertur – empresa terceirizada para fazer o serviço de coleta de resíduos orgânicos na cidade –, além da incursão do prefeito e diretor do SAAE, por crime de improbidade administrativa. A representação foi protocolada no Ministério Público de Itaúna, junto à 1ª Promotoria de Justiça.
Segundo o documento, dentre os muitos problemas apresentados, o aumento de custo do serviço em “no mínimo 60%”, é o mais grave, pois causa prejuízo à municipalidade. Também apontam o caso de a empresa contratada ser considerada inidônea (proibida de contratar com o poder público), desde janeiro deste ano. Também são apontados vários problemas de descumprimento da legislação no procedimento licitatório.
Os vereadores alegaram à reportagem que a representação segue os caminhos corretos e que nada impede, ainda, que seja instaurada Comissão de Inquérito Parlamentar – CPI, pela Câmara Municipal.
Aguarda-se agora, as providências que serão tomadas pelo MP para apuração das denúncias contra o processo licitatório que terceirizou o serviço de lixo na cidade.