Itaúna, 14 de agosto de 2018

Cadastro

09 de junho de 2018 às 07h00 - Atualizado: 16 de junho de 2018 às 10h49

Três homens são presos suspeitos de furto e receptação

A Polícia Civil de Itaúna realizou a prisão de três homens suspeitos de furto e receptação na tarde da última segunda-feira, 4, por volta das 15 horas. O crime teria sido pelo furto de um maquinário, um britador, na fazenda Duas Pontes, no distrito de Vista Alegre. De acordo com as informações do Boletim de Ocorrências, a testemunha Geraldo Nogueira de Camargos, de 76 anos, informou que um homem chegou com um caminhão MUNK, foi até o pátio da fazenda e retornou trazendo na carroceria um britador. Neste momento, o senhor Geraldo informou o fato ao proprietário do maquinário, Mário José Júnior de Camargos, de 38 anos, que se deslocou imediatamente ao local e seguiu no sentido indicado pela testemunha, quando avistou o caminhão entrando na empresa Multigranel Britagem Ltda, localizada na rodovia MG-050. Em seguida, a vítima percebeu que o caminhão teria descarregado o britador na referida empresa, momento que aproximou para questionar os ocupantes do caminhão.
Segundo as informações, Gerson Emiliano, de 49 anos, alegou que recebeu uma ligação de um homem de nome Marcos, de Divinópolis, que ele havia conhecido em uma feira de veículos, e que este homem teria lhe solicitado que fizesse um serviço, cujo pagamento seria R$ 100. Gerson relatou que Marcos solicitou que ele pegasse um ônibus, fosse até uma estrada vicinal atrás do restaurante Milhão e pegasse o britador em um pátio. Marcos explicou a Gerson que o caminhão viria de Divinópolis e bastaria acenar para que ele parasse. Quando este chegou, sendo conduzido por Gilmar José de Almeida, de 53 anos, ambos foram até o pátio onde estava o britador. No local, Gerson e Gilmar içaram o maquinário sem autorização de qualquer pessoa e o descarregaram no pátio da empresa Multigranel. Ainda segundo as informações, Gerson relatou a Polícia que Marcos havia dito para ele descarregar o equipamento próximo à empresa, mas ele preferiu deixar no interior, pois o maquinário era muito caro e poderia ser furtado.
Conforme o condutor do caminhão, VW/24.250 CNC 6X2, com placa MQY-5515, identificado apenas como Gilmar, ele recebeu uma ligação de um homem, o qual lhe ofereceu R$ 500 para içar e transportar o referido britador, que estaria em um local indicado por um homem que o aguardava na MG-050, próximo ao Milhão. Gilmar informou que, ao passar próximo à referida lanchonete, avistou o homem (Gerson), que embarcou no veículo e foram em direção ao local indicado buscar o maquinário. No local, ambos içaram o britador e levaram-no até a empresa citada acima.
Ainda de acordo com o B.O., o proprietário da empresa, Lázaro Pereira da Costa, de 58 anos, disse que não sabia o porquê do britador ter sido descarregado em sua empresa. Além disso, relatou que sua empresa utiliza esse tipo de maquinário em tamanho maior. Diante dos fatos, o caminhão foi apreendido junto com o britador e ambos seguiram para o pátio do Auto Socorro. A Polícia informou que foi dada voz de prisão aos autores Gerson e Gilmar, pelo crime de furto, e Lázaro pelo crime de receptação. Os três foram conduzidos para a Delegacia de Polícia Civil. Os delegados informaram ainda que os três envolvidos negaram a autoria do crime. Um dos autores pagou fiança para ser liberado.