Itaúna, 18 de março de 2019

Cadastro

12 de janeiro de 2019 às 07h00 - Atualizado: 19 de janeiro de 2019 às 11h21

Romeu Zema visita APAC e evita imprensa

O governador Romeu Zema fez visita à APAc de Itaúna na quinta-feira, 10, quando evitou a imprensa da cidade. A visita aconteceu com forte esquema de segurança, com ruas do entorno da sede da APAC sendo interditadas. A imprensa da cidade não conseguiu contato com o governador e só recebeu informações via release de sua assessoria. No mesmo dia o Governo do Estado deixou de fazer repasses de recursos constitucionais aos municípios, comportando-se como o governo anterior, não dando qualquer explicação às prefeituras.
Em sua primeira viagem oficial após a posse, Romeu Zema conheceu o funcionamento da APAC em Itaúna, que é modelo internacional de como tratar os apenados. Em Minas Gerais são 83 unidades da APAC (Itaúna é a mais antiga), sendo que 45 delas mantêm convênio com o Estado, abrigando 3.278 recuperandos do sistema prisional mineiro. Dos convênios com o Estado, 39 são para manutenção e 6 para construção de unidades.
O governador chegou acompanhado do secretário de Estado de Segurança Pública, general Mário Augusto; do vice-governador, Paulo Brant; comandante-geral da Polícia Militar, coronel Giovanne Gomes da Silva; chefe da Polícia Civil no Estado, delegado-geral Wagner Pinto; comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Edgard Estevo da Silva; chefe do Gabinete Militar do Governador, coronel Borges; presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais – TJMG, Nelson Missias de Morais; e da desembargadora Márcia Milanez. Acompanharam o governador na visita o prefeito de Itaúna, Neider Moreira, o presidente da Câmara, Alexandre Campos, além de assessores e lideranças locais.
Opinião – Começa mal o governador ao visitar a cidade sem quaisquer informações prévias repassadas à imprensa, bem como o cerceamento do trabalho jornalístico. Diferente do que ocorreu quando em campanha, oportunidade em que se apresentava bastante solícito. O cargo pode não ter feito bem à humildade demonstrada ao longo da vida do empresário, agora governador, Romeu Zema.