Itaúna, 13 de dezembro de 2018

Cadastro

29 de setembro de 2018 às 07h00 - Atualizado: 29 de setembro de 2018 às 13h08

SÍLVIO DE MATOS

Programação recheada de espetáculos infantis dias 4 e 5

Em cartaz as peças “Soldadinho de Chumbo” e “Invasão Ratantã”

A próxima semana será recheada de espetáculos infantis que vão tomar conta do palco do Teatro Sílvio de Matos. A garotada vai poder conferir as apresentações do “Soldadinho de Chumbo” e “Invasão Ratantã”. As peças serão na próxima quinta-feira e sexta-feira, 4 e 5 de outubro.
Na quinta-feira, 4, a partir das 14 horas, o palco fica por conta do espetáculo “Soldadinho de Chumbo”. A montagem é uma emocionante adaptação do conto de fadas escrito por Hans Christian Andersen e publicado pela primeira vez em 1838, que conta a história de um boneco que tem apenas uma perna e que se apaixona por uma bailarina que também é uma boneca e se equilibra como ele. Os atores, cantores e bailarinos dão vida aos personagens, que embalam a contação de histórias com um repertório musical incluindo “A Bailarina”, “Ciranda da Bailarina”, “Fico assim sem você”, dentre outras canções.
Já na sexta-feira, 5, às 9 horas, será apresentada a peça “Invasão Ratantã”. O espetáculo é uma divertida farsa político-ambiental que, usa e abusa da música e da literatura de cordel. A peça tem uma natureza brincante que é uma verdadeira aula de cidadania: ensina sobre a importância de se preservar o meio ambiente, além de alertar sobre o cuidado na hora de se escolher os representantes políticos. Tudo é feito de forma bem divertida e com muito bom humor. O resultado é uma apresentação de linguagem rica, que vai da poesia e música populares até a contação de história, passando pela manipulação de bonecos e pelo teatro de máscaras.
A classificação para os espetáculos é livre e a entrada é gratuita, com a retirada dos ingressos na bilheteria do Teatro Sílvio de Matos, na Rua Antônio Corradi, 55, no Centro. As apresentações fazem parte do Projeto Giragirando – Circuito Cultural Interior de Minas, com realização da Lei de Incentivo à Cultura de Minas Gerais.