Itaúna, 20 de outubro de 2018

Cadastro

14 de julho de 2018 às 07h00 - Atualizado: 14 de julho de 2018 às 11h05

Prefeitura já tem 150 comissionados

Ocupantes de cargos comissionados, contratados e estagiários já são mais da metade do número de servidores na Prefeitura

Uma das maiores críticas do então candidato a prefeito de Itaúna, Neider Moreira, era o “inchaço na prefeitura”. Em seus discursos, comentários e conversas “de pé de ouvido”, ele sempre referia ao grande número de servidores mantidos pelos dois últimos ex-prefeitos. O político usava esta situação como um dos maiores problemas das administrações anteriores, afirmando sempre que era necessário contratar com eficiência para diminuir os problemas. Hoje prefeito da cidade, a realidade aponta para uma situação ainda pior do que aquelas que ele apontava no passado. Após 1 ano e sete meses, já são 1.388 pessoas trabalhando na prefeitura, somando os ocupantes de cargos comissionados, os contratados e estagiários. No total, são 2.494 servidores, sendo que 1.104 entraram no serviço público por concurso.
Na administração passada, encerrada em 31 de dezembro de 2016, a Prefeitura tinha 2.349 servidores, sendo que 1.210 eram efetivos, portanto, mais da metade. Ocupantes de cargos comissionados eram 136, sendo que boa parte deles era de funcionários concursados.
Hoje, são 150 (em dezembro de 2017 eram 151). E se for levado em conta que serviços como a coleta de lixo, pintura de sinalização de trânsito, manutenção de aterro sanitário e outros serviços, que não eram terceirizados e agora são, esse número ainda é mais representativo.