Itaúna, 22 de julho de 2018

Cadastro

07 de julho de 2018 às 07h00 - Atualizado: 14 de julho de 2018 às 11h05

PCC EM ITAÚNA?

Itaunense é preso em operação conjunta das polícias e MP

Na manhã da terça-feira, 3 de julho, foi realizada operação conjunta das polícias Militar e Civil, com participação do Ministério Público (MP), que prendeu 170 pessoas com suspeitas de ligações com facções criminosas, dentre elas o PCC – Primeiro Comando da Capital. Dentre os presos estão acusados de crimes violentos como roubo, homicídio, assalto a bancos e tráfico de drogas. Na região Centro-Oeste, da 7ª RISP (Região Integrada de Segurança Pública), foram realizadas ações nas cidades de Itaúna, Divinópolis, Formiga e Morada Nova de Minas, com prisão de 4 pessoas. No total da operação foram emitidos 289 mandados de prisão, em todo o Estado e as prisões continuarão a acontecer durante os próximos dias.
Na operação coordenada pela 7ª RISP foram envolvidos, na manhã da terça-feira, 46 policiais militares, 47 policiais civis e 22 viaturas. Foram presos os seguintes suspeitos: Matheus Filipe do Nascimento, 20 anos (preso em Itaúna), com passagens por roubo e tráfico de drogas; Deivid Guimarães Parreiras, 22 anos (preso em Belo Horizonte), com passagens por roubo; Lucas Assalin Vila Nova, 26 anos (preso em Formiga), passagens por estupro de vulnerável, tráfico de drogas e embriaguez ao volante; e Gabriel Benedicto Ferreira, 30 anos, vulgo Gabriel Macaco (preso em Divinópolis), com passagens por furto, receptação, tráfico de drogas, roubo, explosão de caixa eletrônico e homicídio. Foram presos ainda Marcos Vinícius Dimas Santos, 21 anos, pelos crimes de desobediência e favorecimento real, e Lorany Thaís Miranda, 25 anos pelo crime de desacato.