Itaúna, 23 de março de 2019

Cadastro

02 de março de 2019 às 07h00 - Atualizado: 16 de março de 2019 às 11h10

CARNAVALIZA ITAÚNA

Blocos querem resgatar a tradição do carnaval

Allfaces, Deu no Que Deu, Zuluzinhos e demais grupos prometem arrastar multidões na Jove Soares

Aconteceu na noite de ontem, dia 1º de março, a abertura oficial do Carnaval 2019 (Carnavaliza Itaúna), na Avenida Jove Soares. O Bloco da Saudade (da Terceira Idade) fez a sua apresentação na passarela do samba, dando assim o pontapé inicial aos festejos oficialmente, juntamente com os blocos Loucos Pela Vida, Piratas do Bem-Fica e Vai Que Cola. Conforme foi divulgado pela FOLHA em edições anteriores, a programação oficial se estende de hoje até terça-feira e os tradicionais e mais aguardados blocos itaunenses, Allfaces, Deu no Que Deu, Zuluzinhos, Vem que Vem e Sertanejeiros, prometem reunir um grande público na avenida, para agitados desfiles atrás dos trios elétricos. A festa continua hoje, a partir das 19h30, com o desfile do considerado maior, mais antigo e tradicional bloco itaunense, o AllFaces. O bloco comemorou no ano passado 40 anos no carnaval Itaunense, quando arrastou multidões pela primeira vez na Rua Silva Jardim, em 1978. E a expectativa dos organizadores para a folia de 2019 é que cerca de 1.500 foliões passem pela “Prainha” nos dois dias de desfiles, neste sábado e na segunda-feira. Segundo o diretor do bloco, Ricardo Magalhães, o repertório este ano foi alterado, com muita música nova e também elementos novos na banda, que vão levantar a multidão. Hoje também, a partir das 21 horas, o Deu no Que Deu entra na avenida com uma grande multidão de foliões. Os diretores do Deu no Que Deu, “O Bloco das Estrelas”, afirmam que a credibilidade do bloco vem de um trabalho com pequenas ações que se resumem em atos de pessoas que querem fomentar a proximidade entre pessoas de bem, para promover o bem. E neste ano, a expectativa é que duas mil pessoas desfilem com o bloco nos dois dias. Agora é encontrar todos na avenida, porque “é pra valer e o chão vai tremer!”. E pra finalizar a folia no sábado, às 22h30, o bloco Vem Que Vem agita os foliões. Amanhã, domingo, 3, a programação começa mais cedo, a partir das 14 horas, com matinê infantil para os pequenos foliões, e à noite, às 19h30, tem o desfile do bloco Zuluzinhos, que promete reascender a tradição do carnaval itaunense. Com o enredo da célebre frase da agremiação: “Quero te dizer de coração, eu sou Zulu e não abra mão!”, o Zuluzinhos volta à programação oficial do carnaval de Itaúna. Pela vontade dos amigos Roberson Alves Faustino (Bolão), Atílio Prado (Tilinho) e José Flávio Alves (Flavinho) e o desejo da população, o grupo se uniu e viu a necessidade de trazer de volta a tradição da festa momesca, com inovação na estrutura e na parte musical. Conforme os organizadores do bloco, a principal proposta é retomar o carnaval antigo, com o modelo tradicional, diferente do que a população itaunense está acostumada atualmente. Sem trio elétrico, a bateria do Zuluzinhos vai desfilar no chão, apenas com um carro de som de apoio e com alas (comissão de frente, madrinha da bateria, mestre-sala, dentre outras). Além disso, o principal objetivo é incluir pessoas de diversos segmentos da cidade no carnaval de rua de Itaúna, e a expectativa é que cerca de 500 pessoas desfilem pela avenida nos dois dias. E encerrando a folia no domingo, às 21 horas, entra na passarela o bloco Sertanejeiros. Na segunda-feira, 4, os blocos AllFaces, Deu no Que Deu e Vem Que Vem retornam à avenida às 19h30, 21h e 22h30, respectivamente. E na terçafeira, 5, a folia se encerra com os desfiles do Zuluzinhos e Sertanejeiros, às 19h30 e 21 horas, respectivamente.