Itaúna, 23 de março de 2019

Cadastro

02 de março de 2019 às 07h00 - Atualizado: 16 de março de 2019 às 11h10

Ponto de vista

PRECEDENTE INTERNACIONAL Já que a moda do momento é se autodeclarar presidente, me declaro neste momento prefeito de Itaúna. Brincadeira à parte, a situação da Venezuela abre precedentes para qualquer um assumir o comando de um país alegando risco constitucional, apontam especialistas em política e direito internacional. O fanatismo bolivariano de Nicolás Maduro é insustentável e levou a Venezuela à ruína, mas o que poucos atentam é que a solução pode estar numa capacidade de diálogo. O país está em frangalhos. Há de se considerar um período de transição. Do jeito que está, quem sofrerá as consequências de uma provável intervenção internacional serão os mais pobres, como no Iraque e Afeganistação. O próprio cinema hollywoodiano evidencia isso. Deus abençoe os venezuelanos.

LEGADO Gustavo Barbosa, à frente de Esportes, foi um dos melhores secretários do atual governo. Presente nas demandas da cidade, acessível e sempre pronto a explicar o seu trabalho. Atributos que marcaram sua atuação num primeiro escalão composto pela “elite itaunense”. Como diria o Adolfo: super bola branca.

FEEDBACK A “elite itaunense” não é capaz de receber críticas. No meio político, empresarial e pessoal. Parabéns, Gustavo. Você fez a diferença.

CARNAVAL NA PRAÇA Uma das mais tradicionais agremiações do Carnaval itaunense, a banda Esplendor e Glória volta a desfilar na Praça Dr. Augusto Gonçalves em 2019. É uma grande oportunidade de resgatar a Festa do Momo no Centro da cidade e valorizar a história da banda, fundada em 1987. E viva o resgate da história da cidade. Precisamos reviver Itaúna! Não nos esqueçamos da nossa essência.

CADEIÃO DA RUA SANTANA “A unidade prisional de Itaúna é um prédio muito antigo. A estrutura é ruim, mas ainda assim, sem modéstia, a gente tem feito um trabalho bom. Temos capacidade para 68 presos, já chegamos a 238 e hoje estamos com 170 presos. (...) Quando chega a esse ponto, não tem como chegar na porta de uma cela e dialogar”. Wesley Oliveira, responsável pelo Presídio Municipal, na Câmara, ao esclarecer o clamor em torno da morte de presidiário em 14 de fevereiro.

CADEIÃO (2) “Nós temos de agradecer a Deus de termos a Apac, que foi construída através de parceria da iniciativa privada”, Vereador Antônio de Miranda, o Toinzinho (PHS), sobre a situação do Presídio.

DESINFORMAÇÃO Mais uma Fake News foi desmentida pela imprensa de Itaúna, na terça-feira (26), depois de populares disseminarem no WhatsApp a informação de um suposto assalto com reféns no Banco Itaú. A Polícia Militar foi acionada depois que funcionários da agência suspeitaram de um cliente. A cada dia crescem as falsas notícias pela cidade. Em janeiro milhares fizeram filas nas lotéricas e empresas conveniadas por causa de um falso desconto no Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (DPVAT). O aplicativo deu a qualquer um o poder de divulgar notícias. O brasileiro é desinformado, não lê e age de maneira irresponsável. Ainda vem os fanáticos políticos que atacam o trabalho da imprensa. O resultado é esse. Uma era de desinformação.

DESINFORMAÇÃO (2) Nessa concordo com o prefeito Neider Moreira (PSD): as redes sociais estão emburrecendo as pessoas.

REFLEXÃO “Sou ser humano e posso errar. Se errar, com certeza vou pagar perante a população e perante Deus também”, Alex Arthur, o Lequinho (PSDB), ao comentar o relacionamento com edis.

INUNDOU “Minha casa inundou também (risos), e só isso. E inundou mesmo”, Iago Souza Santiago, o Pranchana Jack (Avante), sobre o forte temporal que deixou Itaúna em alerta na semana passada.

 

Colunas recentes de Bruno Freitas - Ponto de vista

Nenhum resultado encontrado