Itaúna, 20 de julho de 2018

Cadastro

17 de março de 2018 às 07h00 - Atualizado: 14 de abril de 2018 às 10h32

Coluna do Galo

Se os titulares do Galo são apenas razoáveis, imaginem então os reservas que jogaram com a Tombense? Esse jogo foi um castigo para quem ousou assistir até o final. Mas, como a massa é apaixonada, tivemos um público pagante de 16.668 e renda de R$ 111.776,00. O Atlético jogou com Cleiton, que assistiu ao jogo dentro das quatro linhas, e leva uma nota 6; Samuel Xavier, tem que ser cascudo mesmo, é muito fraco, 5; Tiago Maidama, se sua bola fosse do seu tamanho seria um Jemerson, mas como não é, fica com 6; Matheus Mancini, conseguiu ser pior do que o grandão da zaga, 6; Danilo Barcelos, bateu bem o penalty e foi só, 6; Arouca, seu futebol ficou a dez anos passados, no Santos, 5; Gustavo Blanco, foi menos ruim do que Arouca, 6; Tomás Andrade, prende demais a bola, mas é habilidoso e a canhota dele é boa, 6; Luan, correu o tempo todo e foi o melhor do time, 7; Marco Túlio, regular, 6; Alerrandro, mostrou que futuramente o Atlético terá um bom centroavante, 7; entrou ainda o Bruno e o Carlos Roberto, e não mostraram nada, nota 5. Os titulares poupados desta partida enfrentaram o Figueirense pela Copa do Brasil quarta-feira no Horto e mais uma vez, quase encerramos nossa participação na Copa. Se não fosse o “São Vitor do Horto”, que pegou mais dois pênaltis, estaríamos amargando mais um vexame. Perdemos o jogo no tempo normal, e olha que precisávamos somente do empate em casa. Neste final de semana, pelo Rural, vamos enfrentar o chato time da URT no Horto, e temos de vencer para ir para a semifinal. Vai ser mais sofrimento.
Segunda, dia 19/03/2018, é dia de São José e o bairro dos Garcias estará todo engalanado por seu padroeiro. Se não falhar a previsão, teremos a enchente das goiabas. Embora atravessando uma fase difícil com minha irmã Bianca, veio agora outra porretada com a enfermidade de minha esposa Rosângela. Rezemos pela recuperação das duas e que Deus nos fortaleça para enfrentar essas dificuldades. João 16,33: “No mundo haveis de ter aflições. Coragem! Eu venci o mundo”.

Colunas recentes de Rubens Paulino - Tomé - Coluna do Galo