Itaúna, 20 de janeiro de 2019

Cadastro

05 de janeiro de 2019 às 07h00 - Atualizado: 19 de janeiro de 2019 às 11h22

Coluna do Cruzeiro

Final de ano é sempre de muita especulação, mas de concreto mesmo, nada. A Diretoria já tinha avisado que não faria muitas contratações, primeiro pela falta de dinheiro e por já ter um elenco montado. Particularmente, penso que essa é a nossa única opção. Tem torcedor que acha necessário contratações a qualquer custo, sem se preocupar com a saúde financeira do Clube. Eu já sou radicalmente contra, até porque o futebol é cíclico, nenhum time fica o tempo todo no topo ganhando títulos todos os anos, quem dera se fosse possível! Como o Cruzeiro foi campeão de duas Copas do Brasil nos últimos anos, então talvez agora precise “botar o pé no freio” e reequilibrar as finanças, afinal, não justifica falir o Clube por causa de um título e a torcida tem que entender isso, querendo ou não.
A boa notícia da semana ficou por conta do fim da “novela” Tiago Neves. Ele renovou contrato até o fim de 2020, acabando com as pretensões do Grêmio. Aliás, se o Cruzeiro conseguir manter os principais jogadores, já terá um time em condições de brigar por algum título este ano. E surgiu ontem uma notícia de que o Flamengo havia feito uma proposta de triplicar o salário do Arrascaeta para levá-lo para o Rio. Provavelmente é verdade, porque ele nem se reapresentou com o resto do grupo. Se for realmente tudo verdade, é melhor deixa-lo ir, até porque, quando um jogador recebe uma proposta melhor e o Clube cobre a oferta, o jogador simplesmente cai de produção para forçar a sua dispensa. Então é melhor negociá-lo rápido, mas desde que seja por um valor que seja bom para o Cruzeiro. Saudações Celestes.

Colunas recentes de Toninho da Banca - Coluna do Cruzeiro

Nenhum resultado encontrado