Itaúna, 20 de janeiro de 2019

Cadastro

01 de dezembro de 2018 às 07h00 - Atualizado: 22 de dezembro de 2018 às 13h27

Coluna do Cruzeiro

Tá desanimador assistir ao jogo do Cruzeiro. Tá certo que já estamos de “férias”, mas a falta de comprometimento e de respeito dos jogadores com o Clube e com a torcida é um absurdo. Contra o Flamengo, nem amistoso parecia, logo antes dos dez minutos já estávamos perdendo e tomamos mais um gol relâmpago. Nós apenas assistimos ao Flamengo jogar.
Nos bastidores, a coisa está pegando fogo, o Itair Machado deu uma entrevista à Rádio Super e falou sobre vários assuntos que são de grande interesse da torcida e alguns bastante polêmicos, tipo clássico dividido. Eu particularmente sou contra, primeiro porque o “Atrético” sempre dificulta as coisas para a torcida do Cruzeiro naquele “estádio” horroroso do Independência. Eles sempre encarecem o ingresso e nunca querem disponibilizar os dez por cento que o Cruzeiro tem direito, e tem mais, como a capacidade do Mineirão diminuiu muito, não dá para dividir, pois não cabe a China Azul, por isso não justifica. Além do mais, o perfil do torcedor mudou muito. Antigamente, as pessoas sabiam conviver em paz, iam a campo apenas para torcer pelo seu clube do coração, hoje em dia, existem facções criminosas que se dizem torcedores organizados, mas que na verdade vão ao estádio para assassinar, roubar e usar drogas. Portanto, para se evitar um mal maior, é melhor que os clássicos sejam com torcida única!
Outro ponto polêmico é a questão da dívida do Clube. Ficar falando não adianta nada, o que se deve fazer é uma auditoria para saber a realidade e elaborar uma forma de pagamento, e o principal, não endividar ainda mais o Clube. Saudações Celestes!

Colunas recentes de Toninho da Banca - Coluna do Cruzeiro

Nenhum resultado encontrado