Itaúna, 20 de outubro de 2018

Cadastro

27 de janeiro de 2018 às 07h00 - Atualizado: 10 de fevereiro de 2018 às 10h50

Coluna do Cruzeiro

Parece que esse ano as coisas serão muito boas para o Cruzeiro. É claro que no futebol ‘se vai do céu ao inferno’ em questão de segundos, mas como tenho que analisar o momento, a fase que o Cruzeiro está passando é ótima e não é só a torcida que está falando não. Até a mídia paulista e carioca que sempre insiste em ignorar os times dos outros estados, desta vez está tendo que admitir que pelo menos na teoria o Cruzeiro é um dos times mais fortes do futebol brasileiro. Se vai ser campeão de alguma coisa aí já é outra história, porque um time para ser campeão, além de ter DNA vencedor, tem que contar com competência e uma dose de sorte.
E o Cruzeiro não conseguiu sair de um empate em 0x0 com a Caldense em Poços de Caldas. Tudo bem que ela não é nenhum adversário de peso. E nós também não vamos ganhar de todo mundo... Um resultado negativo, às vezes vai acontecer e agora é a hora certa para se errar, para que o Mano possa fazer as experiências necessárias. Já na quarta-feira, o Cruzeiro voltou a jogar bem e goleou o Uberlândia por 4x0. Foi bom ver o Rafael Sobis voltar a jogar bem, além do Rafinha, que vem demonstrando que será muito útil ao time. Para nossa felicidade, a diretoria conseguiu segurar o Tiago Neves. Apareceu um time árabe interessado em levá-lo, mas felizmente não foi desta vez que ele foi embora. Ele é muito importante, pois é um dos raros, camisa 10 do futebol brasileiro, e é quase impossível substituí-lo no momento, por falta de opção. Hoje encaramos a Tombense, e mesmo jogando fora de casa, temos a obrigação de ganhar para mantermos a liderança! Saudações Celestes.

Colunas recentes de Toninho da Banca - Coluna do Cruzeiro

Nenhum resultado encontrado