Itaúna, 19 de novembro de 2017

Cadastro

28 de outubro de 2017 às 07h00 - Atualizado: 18 de novembro de 2017 às 10h00

Coluna do Cruzeiro

Tá certo que o Cruzeiro já não tem nenhuma pretensão esse ano, mas dar um vexame como o de domingo contra o Atlético, não pode.  As substituições do Mano deram errado, e quando ele tirou o Rafinha, desmontou totalmente o ponto forte do Cruzeiro. O Rafinha segurava o lateral do Atlético na defesa e com a sua saída o Robinho caiu nas costas do Ezequiel livremente e acabou fazendo dois gols com uma jogada para lá de “manjada”. Ele corta para direita e bate no canto. E o pior, o Diogo Barbosa deixou o Otero, que é quase um “anão”, fazer um gol de cabeça. Um total absurdo. Mas como é vida que se segue, a nova diretoria está trabalhando para montar a comissão técnica e o time para o ano que vem e já temos uma boa notícia: o Mano Menezes renovou o contrato. Isso nos dará a tranquilidade de começar a temporada do meio para frente. Agora estão tentando comprar o passe do Hudson e se conseguirem será um passo importante na conquista do penta campeonato da Copa do Brasil. Dizem que o Rafael Sobis está de saída, mas talvez seja prematuro negociá-lo, apesar de ele não estar atravessando uma boa fase, ele é experiente e mesmo não jogando bem, não aceita a marcação, luta o tempo todo, puxa a marcação e se deixarem, ele ainda marca gols. Então ele tem o perfil do jogador que o Cruzeiro precisa para uma competição difícil como é a Libertadores. O Cruzeiro joga nesta segunda-feira encerrando a trigésima rodada do campeonato, e como o Cruzeiro vem de duas derrotas seguidas, e entra pressionado por mais um resultado positivo. Afinal a torcida não vai ficar aceitando o Cruzeiro apenas cumprindo tabela. Saudações Celestes!  

Colunas recentes de Toninho da Banca - Coluna do Cruzeiro

Nenhum resultado encontrado