Itaúna, 21 de maio de 2018

Cadastro

05 de maio de 2018 às 08h00 - Atualizado: 19 de maio de 2018 às 09h59

Coluna do Atlético

A exibição do nosso Galo contra o Corinthians foi a 2ª melhor atuação da equipe neste ano, perdendo somente para aquele 3x1 em cima da Raposa no Rural Mineiro, que o Luiz Flávio de Oliveira presenteou o antigo Ipiranga (1º nome). Por falar em árbitro, que coisa horrorosa o que este ano os homens do apito vêm fazendo. Tá um tal de marcar gol e depois anular em toda rodada... Este do jogo do Atlético não foi uma mãozinha, foi mais uma rasteira sobre nós.
Vamos às notas dos “cracos” galistas na vitória sobre o timão: Victor, nota 6; Patric, 8; Bremer, 7; Gabriel, 7; e Fábio Santos, 7. Adilson, 8; Blanco, 9; Luam, 8; Otero, 7; Ricardo Oliveira, 6; e Roger Guedes, 9. Entraram para ganhar o bicho Alerrandro, Galderani e Elias, todos ganham nota 5. Ao final da 3ª rodada (pena que não acabou o campeonato), estamos em 3º lugar com 6 PG, 3 PP, 4 gols pró, 3 contra, saldo de 1 gol. Hoje um sonhado empate estaria de bom grado contra o Tricolor Paulista no Morumbi.
Não são as coisas bonitas que marcam nossas vidas, mas sim as pessoas que têm o dom de jamais serem esquecidas (um texto que minha cara metade me passou depois de uma consulta médica). Provérbios 30,8: “Afasta de mim falsidade e mentira, não me dês nem pobreza nem riqueza, concede-me o pão que me é necessário”.

Colunas recentes de Rubens Paulino - Tomé - Coluna do Galo