Itaúna, 23 de setembro de 2018

Cadastro

30 de junho de 2018 às 07h00 - Atualizado: 21 de julho de 2018 às 12h05

Coluna do América

Os jogadores do América, com o Ricardo Drubscky como novo treinador, se reapresentaram, na segunda-feira, 25 de junho, para reiniciar os treinamentos visando tentar chegar ao objetivo do Coelho neste ano: se manter na elite do futebol brasileiro para 2019. E para isso o Drubscky terá muito trabalho pela frente. Como ele era o diretor-técnico da equipe, conhecer o elenco, ele já conhece. Mas pesa contra ele o seu currículo, de há muito tempo não ter tido um bom desempenho técnico nas equipes em que passou. O Drubscky foi meu contemporâneo no Curso de Educação Física na UFMG. Sempre foi muito estudioso do futebol, assim, ele terá que encontrar uma solução para a defesa americana, que é a terceira mais vazada do campeonato. Para se ter uma ideia, já tomou 18 gols, em 12 rodadas. Ano passado, na segundona, tomou 25 gols o campeonato inteiro e foi a melhor defesa da série B. Neste ano está melhor apenas que a da Chape (19) e a do Vitória (23 gols sofridos).
Para alívio da torcida, o João Ricardo deverá estar de volta em breve. Outra novidade deverá ser o retorno do Matheusinho no segundo semestre. Ele machucou ano passado contra o Paraná, em julho, e se recupera de uma cirurgia no joelho. O Drubscky terá que mostrar as mudanças logo de cara, pois o time terá como adversário o Cruzeiro no Mineirão, no seu primeiro jogo. Será numa quinta-feira, às 19h30, no dia 19 de julho. Depois temos o Paraná lá em Curitiba, e o Internacional no Independência. Se nestas três partidas o novo treinador não tiver resultados positivos, acho que a direção do América deverá procurar outro treinador. Porque estamos em uma situação difícil, pois o Enderson Moreira, que foi para o Bahia, nas seis partidas do Coelho antes da Copa, venceu apenas uma, perdeu quatro, e empatou a última contra a Chape. Teve um bom início, mas deixou a desejar antes de sua saída. Tomara que o Drubscky consiga mudar esta situação, pois só com bons resultados permanecerá como técnico. É só isso que a torcida espera dele e do time. Abraço verde.

Colunas recentes de Rogério Augustus - Coluna do América

Nenhum resultado encontrado