Itaúna, 18 de novembro de 2018

Cadastro

26 de maio de 2018 às 07h00 - Atualizado: 23 de junho de 2018 às 11h17

Coluna do América

A vitória do América sobre o Botafogo no Independência, no domingo passado, deixou a torcida sorrindo à toa. O resultado levou o Coelho aos 10 pontos, na sexta colocação, zona de classificação para Libertadores. Nesse domingo, o América volta a jogar em casa, diante do São Paulo, às 19 horas, isso se houver a rodada do Brasileiro. Penso que a rodada deste final de semana deveria ser adiada, em todas as séries dos Campeonatos Brasileiros. A situação provocada pela greve dos caminhoneiros é muito séria. Não tem como ir nos jogos. Mas, voltando ao América, no jogo contra o Fogão Carioca, o meu time jogou bem melhor que o adversário. Porém, o destaque no primeiro tempo foi o Luiz Fernando do Botafogo, que fez uma grande jogada individual pela direita e cruzou rasteiro na pequena área, e Brenner finalizou para uma grande defesa de João Ricardo. A bola sobrou para Renatinho na marca do penalty e ele chutou, mas o zagueiro Messias se jogou na frente da bola, impedindo que ela fosse ao gol. Foi um lance incrível do Messias. No segundo tempo, aos 29’ saiu o gol do América. O Rafael Moura, que começou o jogo no banco, recebeu do Luan na entrada da área, limpou o Igor Rabello, chamou a marcação de mais dois marcadores e deu uma de garçon, servindo o Juninho, que de “biquinho” finalizou no cantinho de Jefferson. Gooooooooool do América. Grande jogada do He-Man. Foi uma vitória sobre o time da “Estrela Solitária”, merecida e maravilhosa.
Na quarta-feira, pela Copa do Brasil, o nosso América marcou um ponto, no empate contra o Palmeiras, em São Paulo. O ponto que o Coelho marcou foi o ponto final na sua participação na Copa. Eliminado, pois perdeu no Indepa há duas semanas, e restou a nós, torcedores, ter visto o Coelho encarar um dos maiores time do país no momento. Torço para que o Coelho continue com esta postura nos próximos jogos, pois, assim, o time irá conseguir resultados que deixarão nós, torcedores, vestindo a camisa do Coelhão a semana toda. Abraço verde.

Colunas recentes de Rogério Augustus - Coluna do América

Nenhum resultado encontrado