Itaúna, 21 de setembro de 2018

Cadastro

10 de fevereiro de 2018 às 07h00 - Atualizado: 10 de março de 2018 às 10h23

Coluna do América

O América continua sem vencer no Mineirão. Não foi desta vez que conseguiu superar o forte time Azul. A derrota no clássico com o Cruzeiro, a não ser que tivesse sido de goleada, é resultado que pode ser considerado aceitável, ainda mais se for por 1 a 0 e o gol ter sido feito em um voleio espetacular. Porém, antes da finalização do lance, é importante lembrar que o passe do Edílson foi dado sem nenhum obstáculo à sua frente, já que o Giovanni e o Luan não estavam ali para marcá-lo, como deveriam. Aliás, desde o início da partida, até o seu final, esses dois jogadores, responsáveis pelo lado esquerdo do América, não cumpriram bem suas funções defensivas. Enderson Moreira provou estar atento a essa deficiência, pois sacou Luan do time, mudou peças no meio-campo e jogou em Uberlândia, na quinta-feira, 08/02, com apenas dois atacantes: Aylon e Rafael Moura. E esta mudança deu certo, o América dominou o setor do meio-campo e o ataque funcionou melhor do que nos jogos anteriores. Melhorou o posicionamento e outro fator que ajudou, foi a movimentação constante de Giovanni, Zé Ricardo, David, Serginho,  Aderlan, Norberto e Aylon. Serginho se destacou, e Rafael Moura fez o seu primeiro gol com a camisa do Coelhão. Os outros gols foram marcados pelo Aylon, no primeiro ataque do jogo (menos de 1’) e Giovani aos 7’ do 1º tempo. Resultado final: América 3x0. O treinador, o diretor de futebol e os dirigentes continuam acertando no atacado e no varejo, pois as experiências e contratações que estão realizando são motivadas pelo objetivo maior do clube em 2018: montar um bom time para fazer campanha digna e permanecer na Primeira Divisão do futebol brasileiro. Depois da boa vitória sobre o Uberlândia, o América terá 10 dias de preparação para o clássico com o Atlético. Será o segundo jogo de Série A no ano. Nessa partida, a conquista dos três pontos, se acontecer, será um passo firme e bem-dado na caminhada do Coelhão no Estadual. Abraço verde e muita prudência no carnaval, amigo leitor.

Colunas recentes de Rogério Augustus - Coluna do América

Nenhum resultado encontrado