Itaúna, 21 de outubro de 2017

Cadastro

11 de março de 2017 às 07h00 - Atualizado: 08 de abril de 2017 às 10h14

Coluna do América

O meu América, depois de perder a oportunidade de fazer 3 jogos contra o Cruzeiro (um pelo Mineiro e dois pela Copa do Brasil), devido à eliminação pelo Murici de Alagoas, venceu duas partidas pelo Campeonato Mineiro e ocupa a 3ª posição na tabela. A primeira vitória foi contra a Tombense na semana passada por 2x0 e no domingo, 05 de março, a segunda com o placar mínimo, o adversário foi o Uberlândia. Deu América 1x0. Os dois jogos foram no Independência. Porém, para permanecer no G4, o Coelho tem uma partida em que o favorito é o time azul, apesar do fato do confronto ser na nossa casa: o Indepa.
Na vitória sobre o time de Tombos os gols foram do Gerson Magrão aos 5 minutos da primeira etapa (Magrão perdeu mais duas oportunidades na frente do goleiro) e Hugo Almeida (de pênalti aos 32 do segundo). Domingo passado contra o Uberlândia, o gol foi do zagueiro Rafael Lima em uma cabeçada depois de um escanteio batido pelo Gerson Magrão, o tento foi marcado no primeiro tempo. Nessa partida contra o time do Triangulo Mineiro o América não jogou bem, mas a vitória foi muito importante. Neste jogo o Coelho apresentou a camisa para a temporada/2017 e jogou com o uniforme número um: camisa verde e preto, utilizado na década de 1970, quando o América foi campeão invicto em 1971. O uniforme número 2 é todo branco: camisa, calção e meia e homenageia a campanha do Deca Campeonato (1916 a 1925). Este ficou sensacional. E o terceiro uniforme trouxe novamente a camisa verde e branca (a que mais gosto), do título brasileiro da série B de 1997. Agora é torcer para que estes uniformes deem sorte, pois o time precisa melhorar muito, para a gente acreditar nele. Abraço verde.

Colunas recentes de Rogério Augustus - Coluna do América

Nenhum resultado encontrado