Itaúna, 19 de novembro de 2017

Cadastro

07 de outubro de 2017 às 07h00 - Atualizado: 04 de novembro de 2017 às 10h00

Coluna do Amércia

As duas derrotas seguidas pelo mesmo placar, e os resultados dos 3 jogos realizados na quarta-feira passada, fizeram o meu América cair para a 4ª posição na tabela da segundona. E se não recuperar no jogo contra o Santa Cruz, no estádio do Arruda em Recife, as chances do Coelho sair do G4, aumentará, e muito. Na luta pelo acesso a série A, o meu time decepcionou a torcida no Independência (quase 8 mil torcedores), com uma derrota triste e frustrante, diante do Oeste. Foram muitos erros e muitas mudanças na maneira de jogar. Os jogadores não fizeram assistência um para o outro, de jeito nenhum, principalmente o Ruy. Porém, na próxima rodada a equipe terá a volta de três jogadores: Luan, Lima e Bill. Luan é artilheiro do time neste campeonato (7 gols). Bill, suspenso por seis partidas, é o 2º artilheiro (6 gols), e sabe, e já fez boas assistências, na segundona deste ano. E o Lima vinha jogando com firmeza na zaga e deve voltar no lugar do Messias. O Rui, que substituiu o Luan, também marcou 6 gols, mas depois que machucou, não acertou o pé. Chutou por cima da entrada da área (20’), numa ótima oportunidade de gol no 1º tempo, contra o Oeste (tinha o Edno sozinho ao seu lado). Um simples passe e a chance de gol seria muito mais clara. Aos 35’ o Ruy deu mais uma bomba de fora da área e o goleiro espalmou novamente. O Edno, sem dúvida, é melhor que o Hugo Almeida, porém são poucas as oportunidades de finalização em que ele aparece como em uma falta aos 38’ do 1º tempo. A bola foi no ângulo, mas o goleiro espalmou pela terceira vez. Aos 42 minutos foi à vez do Renan Oliveira perder na cara do goleiro. No segundo tempo, no 1’ em penalty duvidoso, o Edno fez 1x0. 5 minutos depois o Ruy perdeu sua terceira chance de marcar. Aí, o time recuou e o Oeste partiu para cima, perdendo várias chances, até empatar de penalty aos 27’ (também duvidoso). Depois, aos 37’, o Oeste virou o jogo. Em uma falha de saída de bola do Davi, o Mazinho do Oeste fez seu segundo gol, debaixo das pernas do João Ricardo. Foi falha geral. E aos 51minutos o Hugo Cabral perdeu a última chance de empate (chutou por cima, dentro da área). Não há nada pior do que perder dentro de casa. Agora é torcer para que a estória seja diferente e feliz neste sábado às 19h00. Abraço Verde.   

Colunas recentes de Rogério Augustus - Coluna do América

Nenhum resultado encontrado