Itaúna, 19 de novembro de 2017

Cadastro

07 de outubro de 2017 às 07h00 - Atualizado: 28 de outubro de 2017 às 09h56

A voz do povo

Falta de abrigo nos pontos é um absurdo - Mais uma temporada de chuvas está chegando e com ela o escancaramento de uma situação que perdura ao longo de décadas na cidade: a falta de abrigo para passageiros do transporte coletivo nos pontos da área central. Pessoas que usam o transporte ficam à mercê do sol nos tempos de seca e das chuvas, no tempo “das águas”. Nesta semana, com as primeiras chuvas que caíram no início da semana já surgiram às primeiras reclamações. Pessoas que se viram obrigadas a ficar sob a chuva para ter acesso aos ônibus entraram em contato com a redação para, mais uma vez, reclamar da situação. Nas Ruas Silva Jardim e Melo Viana e na Praça da Matriz a situação é ainda mais flagrante, pois são locais de afluxo de maior número de pessoas. E o problema é antigo, além de ter de enfrentar as intempéries do clima, os passageiros não têm acesso a banheiro, não têm acomodações e têm de esperar por muito tempo, em pé, sem o mínimo conforto. “Enquanto isso é anunciado wi fi nos ônibus... de que adianta internet grátis se não oferecem sequer um abrigo decente”, reclamou um cidadão à coluna.

Riscos de acidentes por falta de conclusão de obra - 

Na administração passada foi aberto e pavimentado trecho da Avenida Gabriel Pereira, que liga a Avenida Jove Soares ao trevo do Morro do Engenho, na ligação com a Rodovia MG-431. Ficou faltando o último trecho da obra, chegando ao trevo. Inclusive em informações passadas pelo vereador Antônio de Miranda, na Câmara, foi deixado dinheiro em caixa para a conclusão da obra e, passados 10 meses da nova administração a situação permanece a mesma. Com isso, muitas são as reclamações dos riscos de acidente no local, pois o trecho ainda não concluído obriga à conversão abrupta, à esquerda e depois à direita, em pista não pavimentada, cheia de buracos e sem visibilidade. Pedem a conclusão da obra para acabar com os riscos de acidentes, antes que algo mais grave aconteça.

A voz do povo - A voz do povo

Espaço reservado para a comunidade itaunense.

Colunas recentes de A voz do povo - A voz do povo