Itaúna, 15 de novembro de 2018

Cadastro

21 de julho de 2018 às 07h00 - Atualizado: 11 de agosto de 2018 às 10h18

A voz do povo

Imbróglio na educação - Mais um problema foi apontado por leitor da coluna, em relação à decisão da Prefeitura de “cortar o dia” de servidores da escola Dona Cota, conforme noticiado na semana passada. É que os professores têm de cumprir um mínimo de 200 dias letivos por ano e se “o dia for cortado” isso vai gerar um problema: serão 199 dias letivos, então como será feita a reposição do dia? A Prefeitura vai pagar horas extras aos professores e servidores porque “tem de dar o exemplo”.? Fica o questionamento e o problema a ser resolvido. E, como disse um cidadão: “se não tivesse ‘passado por cima’ da direção da escola, não teria todo esse imbróglio”. Com a palavra os responsáveis.

Asfalto novo vai provocar inundação - Na semana passada a Prefeitura recapeou o asfalto da Rua Dr. José Gonçalves e deixou um trecho sem o asfalto. Segundo informações este trecho será asfaltado quando for feito o serviço na Antônio de Matos. Mas o serviço já realizado está gerando outra reclamação. Lembram comerciantes daquela via que já sofreram muito com inundações nos períodos de chuva e agora o problema pode voltar, já que a obra não deixou a vala lateral para escoamento pluvial. Assim, o período de chuvas certamente provocará inundações, conforme os reclamantes. Ainda dá tempo de corrigir o problema, segundo os comerciantes, já que o “asfalto está no período de cura”, como disse um cidadão.

 

A voz do povo - A voz do povo

Espaço reservado para a comunidade itaunense.

Colunas recentes de A voz do povo - A voz do povo